Letícia Colin é Rosa em Segundo Sol. (Foto: Divulgação)

Quando Segundo Sol estreou houve uma grande polêmica em torno do sotaque apresentado por alguns atores. Como o folhetim se passa em Salvador, na Bahia, a expectativa era grande em torno do desempenho do elenco em interpretar certas palavras com um linguajar diferente do habitual. Muitos, foram duramente criticados.

+Gracyanne Barbosa é impedida de ter filhos com Belo e motivo é revelado

Nesta segunda-feira, 24 de julho, entre uma gravação e outra Letícia Colin decidiu propor um desafio para alguns atores que fazem parte do time de atores de Segundo Sol. Ela convocou Vladimir Brichta, Danilo Mesquita e Hugo Moura, os três nascidos na Bahia, para uma espécie de desafio.

+Antes de Felipe Titto, Nego do Borel pensou em dar beijo na boca de outro galã da Globo em clipe; saiba quem

“Tem três baianos aqui nessa sala, cada um deles com trajetórias diferentes, tempos de Rio de Janeiro diferentes, atores diferentes, idades diferentes, gerações diferentes. E queremos fazer uma comparação de sotaques. ‘Nunca estive tão feliz quanto perto da Leticia Colin’, essa vai ser a frase”, disse a intérprete de Rosa no vídeo.

+Biel chama ex de mentirosa, nega agressão, diz que apanhou e joga verdades: “Chegou a hora”

Remy (Vladimir Brichta) em cena de Segundo Sol (Foto: Reprodução/Globo)
Remy (Vladimir Brichta)
(Foto: Reprodução/Globo)

Ao final, todos os três acabaram falando com sotaques e entonações bem diferentes e foi então que atriz mandou o recado falando da diversidade possível dentro do estado. “Não é incrível? Vocês repararam como é rico o ‘baianês’, o ‘soteropolinês’ pode ser… Perguntou se eu trabalho no ‘Vídeo Show’. Não. Mas é que eu acho muito rico. Vamos refletir sobre isso agora, gente?”, disse Letícia Colin.



SIGA O TVFOCO NO INSTAGRAM E FIQUE POR DENTRO DE TUDO! CLIQUE/TOQUE AQUI.



Fonte: Maestro Junior Sousa – Rede canal

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui