Rumores surgiram nessa semana, com diretor geral de detentora dos direitos de transmissão do torneio na Espanha

Por
Estadão Conteúdo

access_time

13 set 2018, 09h28

O presidente da Uefa, Aleksander Ceferin, negou, nesta quarta-feira, a informação de que a decisão da Champions League de 2021 será realizada pela primeira vez fora da Europa, na cidade de Nova York, nos Estados Unidos. “A ideia não é discutida atualmente”, afirmou Ceferin em um comunicado.

Nesta semana, o diretor geral da empresa Mediapro, detentora dos direitos de transmissão da Champions League na Espanha até 2021, declarou a uma rádio que a Uefa sonda a viabilidade de realizar a final em Nova York. O estádio Wanda Metropolitano, em Madri, será o palco da final da Champions na atual temporada, enquanto Istambul receberá o jogo decisivo de 2020. A sede de 2021 será anunciada apenas no próximo ano.



Fonte: Rede Canal

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui