Fernando Alonso era o favorito da RBR para substituir Ricciardo (Foto: Paul Crock/AFP)

Caso não tivesse optado por se aposentar da Fórmula 1, Fernando Alonso poderia ter rumado à Red Bull Racing em 2019. Já na Bélgica, onde disputará a 13ª etapa do Circuito Mundial, na pista de Spa-Francorchamps, o piloto da McLaren concedeu entrevista à emissora britânica Sky Sport, para a qual revelou ter rejeitado uma proposta para substituir o australiano Daniel Ricciardo, que trocará a RBR pela Renault, na próxima temporada.

“Um dos três times de ponta me contactou mais de uma vez neste ano, mas não era o caso de me juntar a esta aventura. No momento, a F1 não tem me dado os desafios que busco no momento. E fora daqui eu tenho descoberto outras categorias que te dão desafios diferentes e te transformam e um piloto melhor. É isso que buscarei em 2019”, expôs o bicampeão da categoria, que logo em seguida confirmou que a equipe em questão realmente se tratava da RBR.

Sem Alonso, a Red Bull optou por contratar o francês Pierre Gasly, de 22 anos de idade, para o lugar de Ricciardo. Pela Toro Rosso, Gasly está em sua segunda temporada na Fórmula 1 e ocupa, no momento, a 13ª posição da classificação geral. A RBR, por sua vez, é a terceira colocada entre as construtoras, atrás apenas da líder Mercedes e da vice Ferrari.

O Grande Prêmio da Bélgica começa já nesta sexta-feira, com a realização dos primeiros treinos livres na pista de Spa-Francorchamps. No sábado, mais um treino livre será realizado antes do treino qualificatório, que definirá o grid de largada para a corrida. Esta, por sua vez, acontecerá no domingo, a partir das 10h10 (no horário de Brasília).

Alonso deixará as pistas da Fórmula 1 ao fim da atual temporada (Crédito: AFP)

 



Fonte: Maestro Junior Sousa – Rede canal

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui